RE: O Drama do Estudante de Aviação Civil da Anhembi Morumbi

20 Sep 2017

Reinaldo M. Del Fiaco

Ao querer saber sobre a atualização curricular da minha área de formação, Ciências Aeronáuticas, me deparei com a seguinte frase no artigo (link no fim do post) do PSP: "Mas o que é um aluno com graduação em Aviação Civil e sem brevê?".

 

 

 

Somos cientistas, sabemos meteorologia, segurança de voo, teoria de voo, lemos manuais que poucos entendem, cartas de navegação, planejamento de voo. Sabemos o que o passageiro quer, como o aeroporto deve operar e as tendências (pois somos cientistas). 

No aeroporto sorrimos, estamos em casa. Se o passageiro está com medo, nos paramos e explicamos aerodinâmica com uma folha de papel e dizemos o tão é seguro voar.

   

Talvez nem todos saibam como escrever um roteiro para uma campanha de marketing, mas sabemos o que o público quer. Se emocionarmos ao ver um avião nas mãos de uma criança correndo para o braço do pai, sabemos que passagens serão vendidas. 

 

Os que são cientistas aeronáuticos sabem a importância do GO, NO GO e GO WITH. O RH não terá que ensinar o CBA, o que é ICAO, IATA e todas as siglas que envolvem esse meio. Estamos prontos para contribuirmos com o mercado.

 

Após pesquisar sobre a atualização curricular, vi que muitos cursos já colocaram Gestão de Negócios na grade. Suprir uma demanda que realmente existe. Não dá para o aeroclube ser informal, aquela administração empírica. Sabemos implementar um ERP e outras ferramentas.   

 

Turma Ciências Aeronáuticas PUC-GO 2014/1 (pilotos, despachantes, empresários, cientistas, analistas de planejamento de voo, chefes de operação, e outros)  

 

Gosto muito do PSP, mas nessa reportagem discordo com a visão do autor.

 

Eu sou cientista aeronáutico, mestrando em Eng. de Transportes no IME (passei numa prova dificílima de cálculo), sei 3 línguas de programação,  logística, sou autor de vários artigos publicados internacionalmente, sei econometria e tenho minha iniciativa empreendedora. 

 

Alunos do CAER/AC podem atuar fora do cockpit, principalmente na ANAC, se a ESAF abrir a mente e ver que entendemos de aviação.

 

O melhor publicitário que conheço é físico, o diretor de arte da Globo é engenheiro civil, os empresários mais bem sucedidos do país nem possuem uma graduação, e tantos outros exemplos eu posso dar.

 

 

http://paraserpiloto.com/2013/03/20/o-drama-do-estudante-de-aviacao-civil-da-anhembi-morumbi/

Please reload

Principais Posts

Encerrada! Seleção para Pilotos!

May 16, 2019

1/10
Please reload

Advertising
Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Tags